(47) 3345-5859

Notícias

Equipe do CREAS apresenta suas demandas aos vereadores

03 de Março de 2021
Entraves adiam a implantação de “abrigo container”

Na tarde de quarta-feira (3) a Câmara de Vereadores de Penha recebeu a equipe do Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS) de Penha. A equipe formada pela diretora do CREAS, Soeli Ramalho Alves, pela advogada Natália Garcia, pelo psicólogo Cláudio de Souza Limeira e pelo assistente social Ricardo Hahn apresentou aos vereadores o trabalho desenvolvido no município e explicou algumas dificuldades e demandas que estão sendo enfrentadas no município.

A reunião ocorreu no auditório da casa, onde os vereadores Adriano de Souza (Tibeco/PSDB), João Antônio Costa (Barriga/Cidadania), Luiz Fernando Vailatti (Ferrão/Podemos), Mário Moser (Marquett/DEM), Maurício da Costa (o Lito/MDB) e Roberto Antônio Leite Junior (Cidadania) acompanharam a apresentação juntamente com o secretário municipal de Assistência Social, Sérgio de Mello.

O primeiro tema abordado foi a implantação de um abrigo temporário para situação de calamidade, montado em um container, projeto conquistado pela equipe do CREAS com recursos do governo federal e que vem encontrando alguns entraves para a sua implantação, a começar pela definição de um local para a sua instalação.

O secretário Sérgio de Mello ressaltou que já houve um avanço na aquisição dos móveis, feitos sob medida para a instalação que deve receber pessoas em situação de rua, vítimas de calamidades. “A verba veio do governo para aplicarmos em razão da pandemia, mas esse abrigo é um equipamento que fica como herança para demandas futuras”, explica Ricardo, assistente social.

Em seguida a equipe explanou sobre o Sistema Único de Assistência Social (SUAS) bem como o funcionamento e as diferenças entre o CRAS e o CREAS. “A motivação de fazer esse esclarecimento é que nos parece que há muita confusão dentro do próprio serviço público e também da população em geral em saber quando procurar o CREAS [que atende situações consolidadas de violação de direitos, violência etc] e quando procurar o CRAS [responsável pela prevenção de situações de vulnerabilidade social e risco]”, ressaltou Ricardo que considera importante que os vereadores se atentem para as particularidades do trabalho desenvolvido pelas equipes de assistência social no município, até mesmo para cobrar melhorias nos serviços prestados.  

Por último a equipe apresentou uma proposta elaborada em conjunto com os técnicos do CREAS, do CRAS e do Abrigo de Penha com o objetivo de reestruturar o serviço de Assistência Social no município, mostrando os serviços que existem hoje, os serviços que deveriam existir e como deveria funcionar a comunicação entre eles.

Veja as fotos aqui