(47) 3361-5853

Notícias

Câmara aprova programa “remédio em casa” e projeto de combate à corrupção

12 de Março de 2019
8ª Reunião Ordinária - Jovem do Morro do Ouro participa da tribuna cidadã

CVP 17/2019

Tribuna cidadã, projeto de combate à corrupção, “remédio em casa” e moção de aplausos para um senhor que acaba de completar 100 anos de vida. A noite de segunda-feira (11) foi muito movimentada na Câmara de Vereadores de Penha, durante a 8ª Reunião Ordinária.

Conforme previsto no artigo 187 do Regimento Interno da casa, o Legislativo Penhense mais uma vez disponibilizou espaço para a comunidade se manifestar na tribuna. Representando a Associação dos Moradores do Morro do Ouro (AMMO), o jovem estudante Matheus Túlio falou sobre os constantes alagamentos no bairro, cobrando das autoridades competentes que medidas sejam tomadas para minimizar os danos causados pelas chuvas. “Além dos danos materiais, também temos os danos psicológicos...Ninguém consegue dormir em paz quando está chovendo”, lamenta Matheus, que vive no Morro do Ouro desde que nasceu, há 21 anos.

O jovem pediu apoio a todos os vereadores para que o Executivo realize obras de infraestrutura, instalando um sistema de drenagem de águas pluviais no bairro, que há décadas enfrenta os problemas decorrentes das chuvas. “É uma situação que não se sustenta mais. O meu apelo é o apelo de muitos, não só dos moradores do Morro de Ouro, que eu represento hoje aqui, mas um pedido de todo o município”, conclui ao usar a tribuna.

Após as considerações sobre a fala da Tribuna Cidadã, os vereadores iniciaram as discussões e votações da ordem do dia. Dois projetos foram aprovados. O primeiro foi o PLO nº 13/2019, tendo a vereadora Maria Juraci Alexandrino (MDB) como autora, que institui o “Programa Remédio em Casa”. O projeto foi aprovado por todos os vereadores presentes e agora segue para a sanção do prefeito.

A proposta tem o objetivo de encaminhar diretamente à residência de idosos, pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida e pessoas portadoras de doenças crônicas, usuárias da rede municipal de saúde, os remédios de uso contínuo que lhes foram prescritos em tratamento regular.

O segundo projeto a ser discutido também foi aprovado por unanimidade, visando instituir a “política municipal de combate à corrupção”. O PLO nº 15/2019, de autoria conjunta dos vereadores Joaquim Costa Jr (PP) e Silas Antonietti (PSD). De acordo com o projeto, “as escolas da rede pública municipal deverão incluir na elaboração de seus projetos políticos-pedagógicos, a realização de seminários, palestras, debates, dinâmicas de grupos, teatros, simpósios, ou qualquer outra forma de metodologia de ensino, abordando assuntos relacionados à garantia, proteção e ampliação do combate à corrupção”.

Por fim, os vereadores aprovaram a moção de aplausos nº 5/2019, da vereadora Regiane Severino (MDB) que homenageia o senhor José Atanásio Anacleto que completou na semana passada um século de vida.

Fotos

Vídeo

Pauta