(47) 3361-5853

Notícias

Vereadores, prefeito e vice-prefeita são empossados

01 de Janeiro de 2021
Maurício Brockveld assume a presidência da Câmara de Penha

CVP 01/2020

O prefeito reeleito Aquiles José Schneider da Costa e a vice-prefeita Maria Juraci Alexandrino, ambos do MDB, juntamente com os 11 vereadores eleitos foram empossados na manhã de sexta-feira (1) durante a solenidade de instalação da 16ª Legislatura da Câmara de Vereadores de Penha.

A solenidade foi realizada no Plenário Expedicionário Tenente Milton Fonseca, sede do Legislativo Penhense, sem a presença do público devido à pandemia do novo coronavírus. No entanto, a população pode acompanhar o evento ao vivo pelas redes sociais da CVP.

Na ocasião, além da posse dos agentes políticos eleitos no dia 15 de novembro de 2020, também foi eleita a Mesa Diretora da casa legislativa. Apenas uma chapa foi inscrita, conseguindo o apoio de todos os vereadores. Com isso Maurício Brockveld (MDB) é o novo presidente da CVP, tendo Adriano de Souza (PSDB), o Tibeco, como vice-presidente, Sebastião José Reis Junior (DEM), o Junior Reis, assumindo o posto de 1º secretário e Célio Adolfo Francisco (PSDB), o Celinho, ficando com a cadeira de 2º secretário.

Embora tenha montado uma chapa com vereadores da oposição, o novo presidente da Câmara de Penha garante que continua ao lado do prefeito Aquiles, buscando o melhor para o município. “Eu quero agradecer a população de Penha. Hoje ser presidente desta casa, empossar o prefeito Aquiles e a ex-vereadora, agora vice-prefeita, Maria Juraci, para mim é um orgulho e uma honra. Mas sem os votos da nossa comunidade, os 760 votos que recebi, eu não estaria aqui. Tenho que agradecer de todo o coração”, ressalta Maurício que foi o vereador mais votado nas eleições de 2020.

A 16ª Legislatura é composta apenas por homens, sendo quatro reeleitos: Maurício Brockveld, Antônio Cordeiro Filho (Toninho) e Maurício da Costa (o Lito) – estes três do MDB – e ainda Everaldo Dal Pozzo (PL), o Italiano.

Outros dois vereadores eleitos já ocuparam uma cadeira no Legislativo Penhense em outras oportunidades, retornando agora para a casa. São eles: Tibeco e Celinho, ambos do PSDB.

Com isso, cinco vereadores passam a ocupar uma cadeira na CVP pela primeira vez: Mario Dionisio Moser (DEM), o Mario Marquett, João Antônio Costa (Cidadania), conhecido como Barriga, Luiz Fernando Vailatti (PODE), o Ferrão, Roberto Antônio Leite Junior (Cidadania), o Junior Leite, além do 1º secretário Junior Reis (DEM).

 

Executivo

Com 38 anos de idade, Aquiles da Costa foi reconduzido à prefeitura por mais quatro anos. Durante a solenidade de posse, o chefe do Executivo conclamou os parlamentares para a união, com vistas aos interesses do município. “Uma coisa que me marcou muito quando eu fui vereador é o emblema do Legislativo Municipal, onde stá escrito: o poder unido é mais forte. Que realmente as lutas travadas aqui sejam em favor da nossa gente, em favor do nosso povo. Que aqui não prevaleça nunca os interesses das cores partidárias, mas apenas a cor da nossa cidade da Penha”, frisou.

Pela primeira vez na história o município de Penha elegeu uma vice-prefeita. A ex-presidente do Legislativo Penhense, Maria Juraci Alexandrino (MDB) destacou a importância da igualdade de oportunidades e da participação das mulheres no debate político e se diz honrada e orgulhosa por conquistar tal feito. “É nesta terra que tanto amo, que me construí profissional na área da educação e através da vida pública sempre me dediquei a serviço da população. Por isso, jamais me furtarei do bom combate. Estarei à disposição do prefeito Aquiles para contribuir, trabalhando duro, para honrar a vontade e os sonhos do povo penhense”, afirma Juraci.

 

A portas fechadas

Em tempos de pandemia e com a matriz de risco potencial em nível gravíssimo em toda a região (conforme boletim epidemiológico emitido pela Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina no dia 30 de dezembro), a reunião solene foi regrada pela Mesa Diretora do Legislativo Penhense pela Resolução nº 6/2020.

Com isso, a cerimônia de posse foi realizada sem a presença do público, restrita aos agentes políticos eleitos e a uma pequena equipe de servidores da casa, com uso obrigatório de máscara durante todo o tempo da solenidade, distanciamento entre os participantes e todos os demais cuidados exigidos para evitar a propagação do vírus.

 

Vídeo

Fotos