(47) 3361-5853

Notícias

Pesca artesanal pode se tornar patrimônio cultural imaterial de Penha

25 de Setembro de 2020
Atividade gera trabalho e renda para centenas de famílias

CVP 82/2020

A pesca artesanal do camarão sete barbas pode se tornar patrimônio cultural imaterial no município de Penha. O Projeto de Lei Ordinária nº 22/2020, do Legislativo, pretende reconhecer a cultura centenária desta prática que se confunde com a história da região.

O plenário discutirá esta proposta durante a 34ª Reunião Ordinária que será realizada na segunda-feira (28) por videoconferência, em virtude da pandemia do novo coronavírus.

O projeto reconhece como principais características da pesca artesanal as embarcações e sua manutenção na orla marítima, as redes e demais apetrechos de pesca, bem como toda a manipulação do pescado – reconhecendo o trabalho das mulheres descascadeiras de camarão.

A cultura da pesca artesanal está presente na Armação, nas praias de São Miguel, Alegre e também no Gravatá, gerando trabalho e renda para centenas de famílias no município de Penha.

Crédito da foto: Sandro Silva / @sandrofotosetextos

Legenda: Barcos artesanais camaroeiros da enseada de Armação do
Itapocorói, em Penha/SC.