(47) 3361-5853

Notícias

Contas do prefeito, no exercício de 2018, são aprovadas pelo Legislativo Penhense

28 de Janeiro de 2020
Resumo da 2ª Reunião Ordinária

CVP 03/2020

As contas do Poder Executivo referentes ao exercício de 2018 foram aprovadas por unanimidade durante a 2ª Reunião Ordinária da Câmara de Vereadores de Penha, realizada na segunda-feira (27). Os vereadores acompanharam o parecer do Tribunal de Contas que analisou e aprovou o balanço consolidado apresentado pelo prefeito Aquiles da Costa (MDB), referente ao ano retrasado.

Antes da discussão e votação, o chefe do Poder Executivo utilizou a tribuna para falar das dificuldades financeiras que o município enfrentou e ressaltou a importância do trabalho desenvolvido pela equipe da Prefeitura bem como a parceria com o Poder Legislativo para que a população penhense possa ter um serviço público de qualidade. “Nós assumimos o município com 70 milhões de dívida [Com o INSS e a Casan]... Então nós sabemos e temos consciência da realidade que nós encontramos a cidade e podemos olhar agora tudo que nós já avançamos”, destacou Aquiles.

Sede própria da Câmara

O presidente Isac Hamilton da Costa (PL) aproveitou a presença do chefe do Executivo para propor verbalmente uma moção de apelo para que o prefeito Aquiles possa dar um passo inicial para a construção de uma sede própria para a Câmara de Vereadores de Penha, destinando um terreno para que o prédio possa ser construído futuramente. A moção foi aprovada por todos os parlamentares. “Nós gastamos no ano de 2019 cerca de R$ 160,8 mil com aluguel. Precisamos dar esse passo inicial para que possamos ter finalmente a nossa sede própria, mesmo porque recurso a gente tem”, considera Isac.  

Há alguns meses o prefeito já havia anunciado a intenção de construir a “Praça dos três poderes”, onde seriam reunidos Executivo, Legislativo e Judiciário em um terreno que pertence ao município.

Vídeo

Fotos

Pauta