(47) 3361-5853

Notícias

Entidade que administra o PA 24 horas esclarece dúvidas dos vereadores

29 de Maio de 2019
Legislativo convidou o Instituto Santa Clara por causa de reclamações sobre o atendimento

CVP 44/2019

Um dos destaques da semana na Câmara de Vereadores de Penha foi a vinda do diretor de operações do Instituto Santa Clara, Fábio de Oliveira, juntamente com o advogado Andrey Mendes. Os representantes da entidade foram convidados pelo Legislativo Penhense para falar sobre o contrato firmado entre o município e o Instituto, ficando este responsável pela gestão do Pronto Atendimento 24 horas, em um repasse de recursos estipulado em R$ 4,5 milhões por ano.

Andrey e Fábio utilizaram a tribuna na segunda-feira (27), durante a 19ª Reunião Ordinária, esclarecendo dúvidas dos vereadores e comprometendo-se na prestação de contas ao Legislativo Penhense. “De acordo com o contrato, 30 dias após o repasse da Prefeitura, nós temos que encaminhar um relatório de prestação de contas, com notas fiscais, conciliação bancária etc. Qualquer dúvida, nós nos colocamos a disposição para explicar”, afirma Andrey.  

O advogado do Instituto Santa Clara também explicou que os recursos envolvidos no contrato são significativos, mas implicam na aquisição de todo o material médico-hospitalar utilizado no PA, contratação de pessoal, exames, material de limpeza, ambulância, combustível, alimentação dos funcionários e manutenção predial. “Todos os equipamentos que estão no PA são da Prefeitura e qualquer tipo de aquisição que possa vir a ser feita passará a integrar o patrimônio do município”, ressalta o representante jurídico da entidade.

Atendimento

O Instituto Santa Clara assumiu o Pronto Atendimento 24 horas no dia 1º de fevereiro. De acordo com Andrey, o desligamento dos médicos cubanos pelo programa federal “Mais Médicos” represou uma demanda que acabou chegando ao PA – o que até certo ponto teria contribuído para as reclamações relacionadas à demora no atendimento da população.

Fábio de Oliveira afirma que há um trabalho permanente de formação da equipe, visando a melhoria no atendimento, sendo que duas prioridades foram elencadas para os próximos dias: o fornecimento de almoço para os funcionários do turno do dia (atualmente somente o turno da noite recebe alimentação) e também a aquisição de um equipamento de raio-x digital.

“Foi importante para o esclarecimento de dúvidas da população e também dos nossos vereadores. Também temos acompanhado que o Instituto Santa Clara, conforme foi explanado, tem de fato tomado medidas para promover melhorias no atendimento à nossa população”, considera Everaldo Dal Posso (MDB), presidente da Câmara de Vereadores de Penha.